o que me restou
foi fazer poesia
e separar o sutil
do espesso
mesmo em meio
a tanto tropeço

Anúncios

1 Response to “”


  1. 1 mabru maio 3, 2012 às 2:40 am

    e q bom q faz tão bem… poesia… 🙂


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: