Arquivo de dezembro \19\UTC 2008

nada demais

como se alguém conseguisse
fazer quase nada
o tempo todo
e pudesse mastigar a vida
como chiclete
vais assim, leviandando
como se não me ouvisse
disparando meus mísseis
tão banais quanto tristes

meninonimim

o menino em mim
precisa de zêlo
há um menino em mim
preciso dizê-lo