Arquivo de outubro \12\UTC 2008

não tentem isto em casa

super-herói cotidiano

vivo heróico o

tropeço do engano

me desorientando com

a dignidade de um titanic

em pleno naufrágio

(num poema assim pode

até parecer grandioso

mas não é nada fácil)

sin Dios

viver desse jeito

é difícil

deixo deus fora disso

e vou fazendo

meu serviço

aos maus poetas bêbados (porque aos sóbrios já basta a realidade)

nesta madrugada
duas ou três palavras
foram encontradas
mortas
sob o papel
em branco
perdoem o poeta,
foi passional