de um caderno

 

não há nada

mais cruel

do que seu sorriso,

sorrindo,

enquanto eu,

menino,

nunca sei o

que dizer

10 Responses to “de um caderno”


  1. 1 Mariana dezembro 11, 2006 às 7:42 am

    Caramba, isso que é sentimento! Quem te causou isso tudo?!?!
    Você escreve muito bem, menino.
    Bjs.

  2. 3 Felipe dezembro 12, 2006 às 4:59 pm

    depois é o Ling quem está Carente!

    😛


  1. 1 Anônimo Trackback em março 21, 2007 às 5:46 am
  2. 2 Anônimo Trackback em março 21, 2007 às 2:32 pm
  3. 3 Anônimo Trackback em abril 6, 2007 às 3:52 pm
  4. 4 Anônimo Trackback em abril 6, 2007 às 6:53 pm
  5. 5 Anônimo Trackback em abril 6, 2007 às 8:12 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




Comentários

Angelo Cuissi em (quem sabe um dia) viramos…
Juliana em
Dhyogo Henrique em
mabru em
Angelo Cuissi em moeda

%d blogueiros gostam disto: