vacina

 

não me olhe

de soslaio

eu admito

me esvaio

me diluo

e surjo como

um raio na sua

próxima esquina

eu sou de lua

e me encher da vida

é minha sina

não tem vacina

12 Responses to “vacina”


  1. 1 Sujeito Oculto novembro 30, 2006 às 11:43 pm

    Se encher da vida, não se encher de vida, certo? Concordo.

  2. 2 Careca dezembro 4, 2006 às 10:48 pm

    é bem vocÊ isso. gostei muleque… Tens acertado o ponto.

  3. 3 Mitch Mitchell dezembro 6, 2006 às 2:10 pm

    Bobagem, Garoto…
    Bito tem se mostrado como os bons vinhos, se aprimora com o tempo. A emoção encharcada de ontem mostra bem isso.
    Tá bonito, Bitch! Não muda, não, hein?


  1. 1 Anônimo Trackback em março 21, 2007 às 2:42 am
  2. 2 Anônimo Trackback em março 21, 2007 às 5:44 am
  3. 3 Anônimo Trackback em março 21, 2007 às 10:45 am
  4. 4 Anônimo Trackback em abril 6, 2007 às 4:02 pm
  5. 5 Anônimo Trackback em abril 6, 2007 às 4:26 pm
  6. 6 Anônimo Trackback em abril 6, 2007 às 7:05 pm
  7. 7 Anônimo Trackback em abril 6, 2007 às 7:43 pm
  8. 8 Anônimo Trackback em abril 6, 2007 às 8:14 pm
  9. 9 Anônimo Trackback em abril 6, 2007 às 8:22 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




Comentários

Angelo Cuissi em (quem sabe um dia) viramos…
Juliana em
Dhyogo Henrique em
mabru em
Angelo Cuissi em moeda

%d blogueiros gostam disto: