Arquivo de agosto \29\UTC 2006

VÍCIO SOLITÁRIO

no meio mesmo da mesmice
leio um verso do Leminski
e disfarço minha burrice

ANGINA

não tenho mais nome
hoje sou
aquilo que sinto

The lunatic is on the grass

pra você que está
de longe
chegue perto
eu não mordo,
só alopro

MSM

quando um poeta fica
sem musa
o eu-lírico abusa
bebe muito
fica doidim
e rima

pelo menos assim
entre as palavras
rola um clima

atestado de �bvio

atestado de �bvio

115681605188087500

por que não sossego
e vou dormir como
toda formiga?

amanhã acordo cedo
e carrego folha pra
tudo que é lado
o negócio é ser produtivo
e me manter ocupado

pra que curtir de cigarra
se de manhã sou formiga?
sei o que sou
não cheirei inseticida
carrego folha de
um lado pro outro
sou exemplo, disciplina:

La Fontaine duma figa!

FIM DE NAMORO

pois bem, amor
é chegada
a hora
o nosso amor
bateu na trave
e foi pra
fora